Configurando MTU no Windows

De Bemmelhor Wiki
Ir para: navegação, pesquisa

Testando o melhor MTU

Primeriamente realize um teste na rede para saber o melhor tamanho de pacotes para sua estação:

$ ping www.google.com -f -l TAMANHO_DO_MTU

Exemplo

$ ping www.google.com -f -l 1400

A saída deve ser um ping com tempo de resposta, como no caso abaixo:

Resposta de 64.233.163.104: bytes=64 (enviado 1472) tempo=346ms TTL=54
Resposta de 64.233.163.104: bytes=64 (enviado 1472) tempo=165ms TTL=54
Resposta de 64.233.163.104: bytes=64 (enviado 1472) tempo=200ms TTL=54
Resposta de 64.233.163.104: bytes=64 (enviado 1472) tempo=205ms TTL=54

Caso apareça a mensagem como abaixo, você precisa ajustar novos valores de MTU, até chegar na mensagem do padrão acima:

 O pacote precisa ser fragmentado, mas a desfragmentação está ativa.
 O pacote precisa ser fragmentado, mas a desfragmentação está ativa.
 O pacote precisa ser fragmentado, mas a desfragmentação está ativa.
 O pacote precisa ser fragmentado, mas a desfragmentação está ativa.

Configurando o MTU na interface de rede

Rode o comando abaixo para descobrir o nome da interface de rede que precisará ser modificada:

$ netsh interface ipv4 show subinterfaces

Ajuste o MTU com o comando abaixo

$ netsh interface ipv4 set subinterface "NOME_DA_INTERFACE" mtu=VALOR_DO_MTU store=persistent

Exemplo:

$ netsh interface ipv4 set subinterface "Conexão Local" mtu=1400 store=persistent